Fome de consumo

Com mais emprego e dinheiro no bolso, os nordestinos têm comprado como nunca.

Por: Marlety Gubel

Só a classe C despejou no mercado R$ 158 bilhões no ano passado e não dá sinais de que fará diferente em 2011. O supermercadista nordestino não tem do que reclamar. De nitivamente a região entrou no mapa do consumo

Leave a Comment